Acontece agora nos meses de agosto e setembro a primeira edição do Circuito Universitário de Cinema. O Circuito Universitário de Cinema é um projeto realizado pela Meios de produção e Comunicação (MPC) em parceria com a BR Petrobras, e com apoio da Mostra Cinema pela Verdade e do Ministério da Justiça que poderam ter adesão das instituições de ensino.A temática da mostra será sobre filmes que retratem o período da Ditadura Civil-Militar no Brasil e suas consequências, assim como na América Latina.

Os três filmes escolhidos para exibição e debate serão: “SETENTA – Documentário”; “Duas histórias” e também “500 – O bebês roubados pela Ditadura Argentina”.

SETENTA – Trailer Oficial – Documentário

SINOPSE: No dia 7 de dezembro de 1970, grupos de combate à ditadura capturam o embaixador suíço no Brasil. Começava o mais longo sequestro político da história do país. Giovanni Enrico Bucher ficou quarenta dias no cativeiro. Os sequestradores queriam a liberdade de setenta presos políticos. Conseguiram.

Os setenta saíram da prisão e foram expulsos do Brasil por decreto presidencial.
No dia 14 de janeiro de 1971, foram embarcados num avião para o Chile. Dois dias depois, o embaixador foi libertado.O filme SETENTA reencontra 18 personagens desta história, mais de quarenta anos depois.Quem são eles? O que pensam? Como conduzem as suas vidas? O que mudou? O que ficou dos ideais e dos sonhos da juventude? Quem eram eles aos vinte anos? O que pensavam? O que esperavam do futuro?

Duas Histórias
SINOPSE: Tendo como linha condutora a trajetória de dois militantes socialistas na luta contra a ditadura militar brasileira. O filme narra duas experiências diferentes, pois diferentes eram as concepções políticas que orientavam a resistência à ditadura. Mas, são iguais na coragem, na dor, na sobrevivência e superação. Uma mulher e seu filho. Um homem. Diversas estradas, chegadas, partidas, fugas, fatos e encontros inesperados. Brasil, Argentina, Chile, outros exílios e finalmente a vitória e a alegria do retorno ao Brasil. Para recomeçar.

500 – O bebês roubados pela Ditadura Argentina

Sinopse: Entre 1976 e 1983, a Argentina viveu sombrios anos de ditadura militar. Neste período, famílias inteiras foram despedaçadas pela repressão clandestina empreendida por um estado terrorista que ceifou a vida de cerca de 30 mil argentinos. Dentre as práticas mais aterradoras deste regime estava o sequestro sistemático de bebês e crianças, filhos de presos e desaparecidos políticos, que eram apropriados por seus algozes com espólio de guerra. A partir da iniciativa das Avós da Praça de Maio criou-se o “Banco dos 500”, com amostras de seu próprio sangue, o que possibilitou a descoberta de 110 das 500 crianças sequestradas. Reunidos às suas famílias reais e às suas verdadeiras identidades, os jovens nascidos nas maternidades dos campos da morte, juntamente com as Avós da Praça de Maio confrontam, em 2011, perante o Tribunal de Buenos Aires, os dignitários da mais sangrenta ditadura Argentina, acusados de genocídio e crimes contra a Humanidade: um caso histórico, único e universal. O documentário “500 – Os bebês roubados pela Ditadura Argentina” narra esta incansável luta das avós e seus netos que continua, diariamente, até que o último dos “500” seja encontrado.

Anúncios